Buscar
  • Thiago Luiz Lima - ABMDE

Mídia Programática no OOH. Foco no publico Alvo.

Você já ouviu falar em mídia programática? Explicando de maneira simples, a mídia programática pode ser definida como a automação na compra e venda de inventários para publicidade, onde o anunciante consegue comprar um espaço sem precisar de negociação humana.


Para que determinado anúncio seja exibido para o público certo, é realizada uma análise de dados do publico-alvo, como hábitos, comportamento, preferências, desejos e necessidades. A partir destas informações é possível dividir o este público em segmentos e entregar os anúncios de maneira personalizada.


No Out-Of-Home, essa automação poupa etapas como negociação de preços, disponibilidade de pontos, segmentação e outras variáveis que precisam ser discutidas com antecedência. Basta apenas que o anunciante defina seu público-alvo e segmente sua campanha no momento da compra junto ao veículo de mídia.

(Exemplo da campanha OOH do Exército da Salvação para doação de agasalhos, o criativo muda conforme a temperatura do local)


Além desta facilidade, o OOH programático é inteligente e hipersegmentado, entregando a mensagem no local e na hora certa. Um exemplo de anúncio programático, foi da empresa alemã de delivery Foodora. Durante o tempo ensolarado, o anúncio indicava restaurantes próximos ao endereço de cada ponto (no máximo 10 minutos) e quando chovia, o anúncio orientava o público a pedir comida pelo serviço de delivery. Os anúncios também mudavam de criativo (arte exibida) conforme o horário do dia: café da manhã, almoço e janta.

A variedade de gatilhos para anunciar é ilimitada. Pode ser por região, hora do dia, eventos como shows, festivais e jogos esportivos, ou qualquer outra maneira que produza dados para identificar a rotina do público-alvo.

A boa notícia para nós brasileiros, é que além de todas as vantagens citadas, com o OOH programático o anunciante também terá muito mais controle sobre o seu investimento e acesso transparente as métricas da campanha. Isso hoje em dia não pode faltar.

5 visualizações0 comentário